Depois dos 40

Agnaldo Timóteo

Ah, que saudades eu tenho
Do meu tempo de infância do adolescer
Ah, que saudades eu tenho
Da primeira escola onde fui aprender

Que a escola do mundo é que ensina
As coisas que a gente precisa aprender
Ah, que saudades eu tenho
Das peladas de rua dos amigos de então

Ah que saudades eu tenho
Do menino guerreiro que sempre lutou
Ah, que saudades eu tenho
Do menino inocente que um dia sonhou

O tempo passou tão depressa
Que às vezes me assusto só em recordar
O tempo passou tão depressa
Que nem sobrou tempo pra gente notar

E agora na cidade grande
Me sinto tão longe do que se passou
A gente depois dos quarenta
Tem mais consciência que a vida mudou
A gente depois dos quarenta
Começa a viver o que a vida ensinou

Written by: Agnaldo Timóteo / Wagner Montanheiro
Sent by Nelson.
Did you see an error? Send us your revision.