E Agora?

Agnaldo Timóteo

O que será de mim agora
O que será deste meu viver
Nem sei por que fostes embora
Qual será meu amanhecer
O que será nessas manhãs
Noite sem fim que será de mim
De um coração pulsando assim
Sem ter ninguém, ninguém

O que será de mim agora
Se a tristeza quer morar em mim
Vendo nascer as criancinhas
Chego a sentir bem perto meu fim

Todos dirão sem compreender
Teu grande amor fez-me enlouquecer
Todos vão rir, mas não faz mal
Tudo tem seu final

Que vou fazer de mim agora
Eu vou sorrir pra não mais chorar
Nesta aflição sempre pensando
A solução não posso encontrar

Percebo então quando surgiu
No meu espelho um fino caminho
Lágrimas tem nos olhos meus
Relembro então o adeus
O que será de mim agora
O que será, que será

Written by: Gilbert Bécaud / Paulo Queiroz / Pierre Delanoë
Sent by Nelson. Revised by Anderson.
Did you see an error? Send us your revision.