Rival do meu carinho
É o vento que te beija
Rival desta tristeza
A própria solidão

Não quero que tu partas
Não quero que me deixes
Me dói que tu te afastes
E que não voltes mais

Meu rival é meu próprio coração
Por traiçoeiro
Eu não sei como posso aborrecer-te
Se tanto te quero
Não compreendo porque me atormenta o rancor
Eu não sei como posso viver sem teu amor (2x)

(Meu rival é o meu próprio coração
Que me censura
E afinal não consigo afastar este amor
Que é loucura)

Não compreendo porque me atormenta o rancor
Eu não sei como posso viver sem teu amor

Meu rival é meu próprio coração
Por traiçoeiro,
Eu não sei como posso aborrecer-te
Se tanto te quero
Não compreendo porque me atormenta o rancor
Eu não sei como posso viver sem teu amor...

Written by: Agustín Lara / Altemar Dutra / Vrs.
Sent by Nelson.
Did you see an error? Send us your revision.