Frente ao Mar

Agnaldo Rayol

Frente ao mar, frente a Deus
Com os olhos em lágrimas diante de vós
Me estremeço num último adeus
Frente ao mar, frente a Deus
Eu te rogo que ao menos me digas
Por que me castigas?
Frente a Deus frente ao mar
Eu pergunto qual foi o meu crime cruel
Que assim cometi se é crime o amor

Eu não sei o que foi eu não sei
Por que a luz desse amor se apagou
Eu só sei que te vais
E que o vento em teu nome parece gritar
Nunca mais

Eu não sei o que foi eu não sei
Por que a luz desse amor se apagou
Eu só sei que te vais
E que o vento em teu nome parece dizer
Nunca mais
Já não sei, nunca mais
Nunca mais

Written by: Mariano Mores / R. Taboada / Vrs. Genival Melo
Sent by Nelson.
Did you see an error? Send us your revision.