Saudades (nostalgias)

Agnaldo Rayol

Quero embriagar meu coração
Para apagar um grande amor
Que mais que amor é um sofrer
E aqui venho por desejo
De esquecer antigos beijos
Com os beijos de outras bocas

Se me amou só por um dia
Por que isso me angustia
Por que tanta frustração

Quero embriagar meu coração
Para depois poder brindar
Pelo fracasso deste amor

Saudades
De ouvir sua voz rouca
De sentir de sua boca
Como um fogo, sua respiração

Angustia
De sentir-me abandonado
E saber que outro ao seu lado
Logo, logo falará de amor
Amigos, eu não quero rebaixar-me
Nem com ela humilhar-me
Ao dizer-lhe que não posso mais viver
Na minha triste solidão
Verei cair as rosas mortas da desilusão

(chora bandoneon teu tango triste,
A minha dor te dói igual
Tu também é sentimental)

Minha alma de fantoche
Chora triste nesta noite
Noite negra e sem estrelas
Se este copo me consola
Vou, a dor que eu sinto agora
Afogá-la de uma vez

Written by: Enrique Cadícamo / Juan Carlos Cobian / Vrs. Marcelo Duran
Sent by Nelson.
Did you see an error? Send us your revision.