Boa-noite, Amor

Agnaldo Rayol

Quando a noite descer
Insinuando um triste adeus
Olhando nos olhos teus
Hei de, beijando teus dedos, dizer:

Boa-noite, amor
Meu grande amor
Contigo eu sonharei
E a minha dor esquecerei
Se eu souber que o sonho teu
Foi o mesmo sonho meu
Boa-noite, amor
E sonha enfim
Pensando sempre em mim
Na carícia de um beijo
Que ficou no desejo
Boa-noite, meu grande amor.

Written by: Francisco Matoso / Jose Maria de Abreu
Sent by Thiago.
Did you see an error? Send us your revision.