Você Vai Aprendendo

Anastasia

Você nasceu num palácio a beira mar
Palácio a beira mar, mas será?
É verdade
E aos três anos já sabia cavalgar
Eu sabia cavalgar?
E o cavalo era branco
Fez caretas para assustar o tio
Que caiu no rio
Mas que má
E sorriu
E se desculpou quando o pai chegou e viu
Você devia lembrar
Procure se esforçar
O tempo está passando e temos muito o que ensinar
Está bem, estou pronta

Ombros pra trás, rosto pro alto
Em vez de andar vai flutuar
Me sinto meio boba, estou flutuando
Só falta voar
Vai se curvar
Reverência
E vão beijar sua mão
Ouça bem, preste atenção
Se eu fui aprendendo
Você vai aprendendo
Já nasceu sabendo
Está se vendo
Siga os meus passos
Olhe bem
Vai fazer assim também

Agora sente e fique reta
E nunca chupe estrogonofe
Nunca liguei pra estrogonofe
Falou igual a um Romanov
O samovar, o caviar
Jantar e repousar?
Só depois de estudar
Se eu fui aprendendo
Ele foi aprendendo
Se for insistindo
Vai conseguindo
Diga que é fácil, e vai ver
Você vai aprender

E agora decoramos os nomes da realeza
Kropotkin, Matibolvkin, Lanobotkin, e o querido tio Vanya, bebe a vodka, entendeu?
Não
E barão Pushkin
Era
Baixo
Era
Macho, Conde Serguei, sempre de chapéu
Era tão bom que foi pro céu
Era amarelo o seu gato
Não lhe contamos este fato

Se foram aprendendo
Eu vou aprendendo
Como é que soube?
Eu sempre soube
E até acredito que sei mais
Anya você é demais!
Se eu fui aprendendo (sim, eu vou aprendendo)
Ela foi a prendendo (vamos aprendendo)
Se for insistindo, vai conseguindo
Diga que é fácil, e vai ver
Que vai aprendendo (estou sabendo)
Que também vai aprender!

Sent by Aline. Subtitled by Carolyne. Revised by 6 people.
Did you see an error? Send us your revision.