É sempre assim

Arlindo Cruz

É sempre assim
Tem dias que você me trata bem
Saudade de mim
Buscando aquilo que você não tem

É sempre assim
Tem noites que eu não sei o que é dormir
Saudade de mim
Tem noites que você está aqui

É sempre assim
Num segundo vira as costas, vai embora
Saudade de mim
Me deseja, me procura toda hora
O que fazer, se eu tenho você
E parece que não

É sempre assim
Me despreza, me entristece, o teu desprezo
Saudade de mim
Que loucura me dá tudo que eu mereço
Na indecisão balança o meu coração

É hora de toda tristeza se acabar
Teu coração é o meu lugar, meu lugar
Queria com toda certeza
Te entregar meu coração te amar, te amar

Written by: Arlindo Cruz
Sent by mauricio. Revised by FabioRegio.
Did you see an error? Send us your revision.