Triste Destino

Cascatinha e Inhana

Todos pensam
Que estou feliz quando estou a cantar
Porém não sabem a mágoa
Que eu escondo para não chorar

Oh! Meu Deus
Divino Mestre nosso Criador
Eu pequei e não mereço paz
Mas se errei foi por amor

Minha mãe
Sempre de longe olharás por mim
A solidão ainda
Um dia poderá chegar ao fim
Neste ambiente tão distante
Outras virão viver assim

Minha mãezinha querida
Luz do meu coração
Perdoe essa filha esquecida
Estenda a mim tua mão

Quero ir junto de ti
Beijar-te, abraçar-te a chorar
Lembrar os dias felizes, mamãe
Pedir para me perdoar

Minha mãe
Sempre de longe olharás por mim
A solidão ainda
Um dia poderá chegar ao fim
Neste ambiente tão distante
Outras virão viver assim

Written by: Antonio Mario
Sent by PEDRO.
Did you see an error? Send us your revision.