Setembro

Cervelet

Deitado, mas não internamente
Eu quis que você viesse a mente
Mas eu não sei
Eu não sei
Se você me deseja e mente
Ou não enxerga a sua frente
Mas eu sou seu
Eu sou seu

Sentada no balanço sob a sombra de uma árvore
Descalça você vê seus pés mirando o céu
O vento em seus cabelos me confessam seus segredos
Teu sorriso inocente me convida a ficar pra sempre
Pra sempre

De volta à realidade, tudo está tão diferente
Quero ver de novo o seu vestido branco
Voando livre entre a gente
Enquanto eu fui seu
Eu fui seu

Written by: Guto Cornaccioni / Vitor Marini
Sent by Lois.
Did you see an error? Send us your revision.


More songs by Cervelet

View all songs by Cervelet