O Retorno de Mary Poppins - A Luz Que Brilha

Disney

Se um dia estiver perdido
Vai chamar por um amigo
Ou tentar piscar a luz que brilha em você
E no escuro do quarto
Vai dizer que o mundo é chato
Ou tentar piscar a luz que brilha em você

Alguns se escondem na coberta
Sem vontade de sair
Se a chama te inspirar
Te iluminar
Os seus caminhos vão se abrir

Olhe em volta e se acostume
Viva a vida como um lume
Ao tentar piscar a luz que brilha em você

Lume? O que é isso?
Esse é o apelido dos acendedores de lampião
Hora de mandar um sinal pra turma
Lumes! É só piscar a luz e mostrar o caminho!

Se não souber o caminho
Pode reclamar sozinho
Ou tentar piscar a luz que brilha em você

Se se perder num tumulto
Vai gritar pra algum adulto
Ou tentar piscar a luz que brilha em você

E se a neblina aparecer
E for mais fácil desistir
Tente não chorar, nem reclamar
As luzes vão te conduzir

Se a noite te apavora
Não espere pela aurora
Ilumine o céu pra todo mundo ver
Ao tentar piscar a luz que brilha em você

Os lumes são da escuridão
Enxergam luz na cerração
São grandes mestres da visão
E vivem dessa luz que brilha

Os lumes sabem clarear
Pra eles sempre tem luar
Imitam a Lua sem cansar
Pra noite se iluminar

E se um dia entrar num túnel
Onde o escuro te conduz
Siga a direção da intuição
Até se deparar com a luz

Se tentar piscar a luz que brilha
Se ousar piscar a luz que brilha
Quero ver piscar a luz que brilha
Em você

Venham! Se juntem a nós numa linda pança!
O que ele disse?
Linda pança, quer dizer dança, é a língua do lume
Em vez de usar uma palavra normal
Você usa uma que rima como
Aqui, eu mostro como funciona

Angus, conte a melhor chicória
Traduzindo é conta a história
Eu queria tossir
Resolveu sair
Para o sapo me esquecer
Pois queria esclarecer
Abracei a fada
Subiu na escada
O Sol saiu, partiu!

Viu? É fácil!
Você fala lume, Mary Poppins?
Se eu falo lume!
Claro que ela fala! Ela é a Mary Poppins!
Podemos falar com você?
Por favor!
Ah, está bem, então!
Vamos, contem a sua história!

Conte a melhor chicória!

A tigela estava lá
Come e vai deitar
E caiu e quebrou
Participou
Nós levamos pra arrumar
E tentou limpar
Com os pés pro ar
Quem aceita um chá?
No caminho do banco
Olha o tranco
A neblina pesou
Nem se abalou
Um amigo surgiu
Tem água no barril
E fomos viajar
Basta assobiar
E piscamos toda a luz que brilha
É melhor do que comer ervilha

Ao tentar piscar
Tentar piscar
Tentar piscar a luz que brilha

Venha, Mary Poppins!

É isso!
Agora vamos levar vocês de volta pra casa!

Se a sua vida está nublada
E a alegria se perdeu
Abra o seu olhar
Pra iluminar
A casa onde você nasceu

Se o dilema é recorrente
Seja mais incandescente
Essa luz de dentro nunca vai morrer
Se tentar piscar a luz que brilha
Se ousar piscar a luz que brilha
Vamos! Pisque essa luz que brilha em
Você

Pisque essa luz que brilha!