LETRAS.COM - Letras de canciones

Cigano

Dulce Pontes

Cigano esguio e trigueiro
Não sei porque me fascinas
Se o bater do teu pandeiro
Se as tuas mãos peregrinas

Quem quem me dera ser cigana
Seguir da vida os escolhos
Dentro duma caravana
E na prisão dos teus braços

Passar a fome que tens passado
Cantar e viver sempre a teu lado

Mentir nas feiras, roubá-lo
Ser como tu, ardilosa
Pedir por um velho cavalo
Uma conta fabulosa

Entender os dialectos
Das sensuais malaguenhas
Beijar-te os cabelos pretos
Quando a dançar te desgrenhas

Cantar ao som das velhas violas
Dançar no bater das castanholas

Ensina-me a tua fé
Ensina-me tudo isto
Que a tua raça calé
Também possui fé em cristo
Ó meu cigano adorado
Em troca ensino-te o fado!

Written by: Armando Artur Da Silva Machado / Joao Linhares Barbosa Isn't this right? Let us know.
Sent by Alan.
Did you see an error? Send us your revision.


More songs by Dulce Pontes

View all songs by Dulce Pontes