Amores De Estudante

Francisco Alves

Depois de um juramento
Depois de uma traição
Amores de estudante
Flores de um só verão

Horas felizes que voam
Mil sonhos que povoam
A vida toda em flor

Mais tarde os sonhos fenecem
E os corações esquecem
Juras de eterno amor

Quantas vezes nos faz tão feliz
E morre tanto anseio, porém não se diz
Uns olhos distraídos que passam sem ver
Quantos dias às vezes nos deixam sofrer

Mais tarde num livro encontram uma flor
Uma lágrima afaga um sorriso sem dor
Só então se percebe que tudo passou
Como nuvens douradas que o vento levou

Depois de um juramento
Depois de uma traição
Amores de estudante
Flores de um só verão