Por favor, não me olhe assim
Se não for, vou viver só para mim
Aliás, se isso aconteceu
Tanto faz, já me fiz por merecer

Mas cuidado, não vá se entregar
Nosso caso não pode vazar

É tão bom se querer
Sem saber
Como vai terminar

Onde a lucidez se aninhar
Pode deixar
Quando a solidão apertar
Olhe pro lado
Olhe pro lado
Que estarei por lá

Written by: Cleber Augusto / Jorge Aragão
Sent by Lauro. Subtitled by Maria. Revised by 6 people.
Did you see an error? Send us your revision.