Modesto Abrigo

Fundo de Quintal

Feliz de quem tem só amor e paz
No modesto abrigo
Com suas benditas histórias
E traz no ego um algo mais
Sempre enfeitando a dor
Sonorizando assim a vida a cantarolar
Feliz de quem tem como conseguir
Seus momentos pra sorrir
Detalhes em suas vitórias
Nasci pra ter você
Só sei que te querer
Torna mais belo o amanhecer
É o pôr-do-sol no entardecer
E assim sou mais feliz
Com essa cicatriz
Sei que seu nome não se escreve à giz

Bem-vinda essa paixão que nos conduz
A luz do azul bordando nosso céu de anis
Quem vê tanta emoção no coração
Sabe que em nós não há desilusão

Written by: Mário Sérgio / Sereno
Sent by Andréia.
Did you see an error? Send us your revision.