LETRAS.COM - Letras de canciones

Boa Noite São Paulo

Mano Brown

Sozinho na multidão (Boa noite, São Paulo)
Não me convidou pra festa (Boa noite, São Paulo)
Ferido no coração (Boa noite, São Paulo)
Ser feliz, eu tenho pressa

Com (uma ligação decide) nosso som
Envolvidos nesse crime por prazer (Luz, neon)
Olha eu sei, eu não sou santo (Vinho bom)
Só queria estar com você

Sozinho na multidão (boa noite, São Paulo)
Não me convidou pra festa (boa noite, São Paulo)
Ferido no coração (boa noite, São Paulo)
Ser feliz, eu tenho pressa (rastreando o seu perfume te vi)

Com, (tão feliz com seus amigos, não gostei) sem razão
Direção (você na sua brisa e eu com meu rancor) nesse chão
Sei que eu estou

[Mano Brown]
Eu te proponho
Meu jardim secreto
A casa do meu sonho
Matriz do meu lugar
Raiz onde você poderia nadar
Sem lenda, sem vento
Eu pensei te levar
Eu componho uma trilha
Te ponho no trilho
Te pego, te faço um filho
Te daria o céu, meu bem
Se você merecesse
Noite dessa, dia desses
Chuvosas de outono
Posso ser seu macho
E ser seu dono
Posso ser o que você quiser
(Guarda costas, o seu gangster)
(Kevin Costner e Whitney)
(Aí, sim)
(Aí é vida)
(Mas se me zoar ta fodido, hein)
Coração do seu malandro não guenta
Então, pelo amor
Nem tenta, morô?

Sozinho na multidão (boa noite, São Paulo)
Não me convidou pra festa (boa noite, São Paulo)
Ferido no coração (boa noite, São Paulo)
Ser feliz, eu tenho pressa (rastreando o seu perfume te vi)

Com, (tão feliz com seus amigos, não gostei) sem razão
Direção (você com sua brisa e eu com rancor) nesse chão
Sei que eu estou

Sozinho na multidão (boa noite, São Paulo)
Não me convidou pra festa
Ferido no coração (boa noite, São Paulo)
Ser feliz, eu tenho pressa

Sozinho na multidão (boa noite, São Paulo)
Não me convidou pra festa