Brigas, Nunca Mais

Marlene

Chegou, sorriu, venceu,
Depois chorou,
Então fui eu quem consolou,
Sua tristeza,
Na certeza de que o amor,
Tem dessas fases, más,
E é bom para fazer as pazes, mas.

Depois fui eu,
Quem dele precisou,
E ele então me socorreu,
E o nosso amor mostrou,
Que veio pra ficar,
Mais uma vez por toda vida,
Bom é mesmo amar em paz !
Brigas, nunca mais !

Depois fui eu,
Quem dele precisou,
E ele então, me socorreu,
E o nosso amor mostrou,
Que veio pra ficar,
Mais uma vez por toda vida,
Bom é mesmo amar em paz !
Brigas, nunca mais !

Written by: Antonio Carlos Jobim / Vinícius de Moraes
Sent by Daniel.
Did you see an error? Send us your revision.