Bravos Guerreiros, Por Deus, Pela Honra, Pela Justiça e Pelos Que Precisam de Nós

Paula Lima

Tá no corpo, e na alma, corre na veia
Sangue azul e branco que me faz delirar
Tatuapé, a escola da emoção
Bravos guerreiros num só coração

Eu andarei
Protegido com as armas de Jorge
No altar do samba
Sob o clarão do luar, ô luar
Coragem pra cumprir minha missão
Em nome da fé acreditar
Na força que emana da alma do povo
Lutando se escreve a história
Honra, batalhas e glórias
Axé, meus Orixás, herança dos ancestrais

Bade iá babá okan araloko
Bade iá babá, um canto de amor
Ogunhê obá sirê oyá
Oke arô kaô kaô

Do céu a mensagem de paz
Diz que o sonho não tem fronteiras
É amar e amar sem pensar
Fazer o bem a cada manhã
Um mundo melhor pra se viver
E não perder a fé (sabe por quê?)
Sou brasileiro
Vou defender minha nação
Oh Pátria amada, idolatrada
Não chores em vão
Sou brasileiro
Sou sambista, sim senhor
De tantos carnavais
Bambas imortais
Respeite por favor

Written by: Fabiano Tennor / Luizinho Ramos / Mike Candido ·
Sent by João.
Did you see an error? Send us your revision.