Eu Sambo Mesmo

Roberta Sá

Há quem sambe muito bem
Há quem sambe por gostar
Há quem sambe por ver os outros sambar

Mas eu não sambo para copiar ninguém
Eu sambo mesmo com vontade de sambar
Porque no samba eu sinto o corpo remexer
E é só no samba que eu sinto prazer

Há quem sambe muito bem
Há quem sambe por gostar
Há quem sambe por ver os outros sambar

Mas eu não sambo para copiar ninguém
Eu sambo mesmo com vontade de sambar
Porque no samba eu sinto o corpo remexer
E é só no samba que eu sinto prazer
É só no samba que eu sinto prazer

Há quem não gosta do samba
Não dá valor
Não sabe compreender
Um samba quente, harmonioso e buliçoso
Mexe com a gente, dá vontade de viver
A minoria diz que não gosta, mas gosta
E sofre muito quando vê alguém sambar
Faz força, se domina, finge não estar
Tomadinha pelo samba, louca pra sambar

Há quem sambe muito bem
Há quem sambe por gostar
Há quem sambe por ver os outros sambar

Mas eu não sambo para copiar ninguém
Eu sambo mesmo com vontade de sambar
Porque no samba eu sinto o corpo remexer
E é só no samba que eu sinto prazer
É só no samba que eu sinto prazer

Há quem não gosta do samba
Não dá valor
Não sabe compreender
Um samba quente, harmonioso e buliçoso
Mexe com a gente, dá vontade de viver
A minoria diz que não gosta, mas gosta
E sofre muito quando vê alguém sambar
Faz força, se domina, finge não estar
Tomadinha pelo samba, louca pra sambar

Mas quem não gosta do samba
Não dá valor
Não sabe compreender
Um samba quente, harmonioso e buliçoso
Mexe com a gente, dá vontade de viver
A minoria diz que não gosta, mas gosta
E sofre muito quando vê alguém sambar
Faz força, se domina, finge não estar
Tomadinha pelo samba, louca pra sambar
Louca pra sambar
Tomadinha pelo samba, louca pra sambar
Louca pra sambar
Eu sambo mesmo
Eu sambo mesmo assim

Written by: Canta Roberta De Sá / Janet De Almeida
Sent by Teris. Subtitled by Felipe. Revised by 3 people.
Did you see an error? Send us your revision.