1867

Scalene

Odeio ter que ir,
Odeio saber que não vou mais lutar
Por tudo que criou
Por tudo feito até aqui.
Não sei mais se eu
Me esforcei pelo ideal ou por você.

Meu erro foi confiar
Demais em você e não perceber
A ilusão que vivi até aqui com você.

Todos os males qu'eu
Cometi em seu nome
Me transformaram em um
Monstro que me consome.

Foi nessa ilha qu'eu
Perdi minha esperança.
Restou apenas breu
A quem não mais descansa.

Mais de cem anos guiando quem
Como eu estava fugindo.

E não há nada a dizer
Do ódio que senti.
Não há mais o que fazer.

Odeio ter que ir,
Odeio saber que não vou mais ter
O que o destino tirou
De forma cruel dos braços meus.

E não há nada a dizer
Do ódio que senti.
Não há mais o que fazer.

A morte de todos que aqui
Foram usados pra provar
A sua razão.

Written by: Gustavo Bertoni / Scalene / Tomás Bertoni
Sent by Alexia. Subtitled by Bruna.
Did you see an error? Send us your revision.