A Pequenina Cruz Do Teu Rosário

Silvio Caldas

Agora que não te vejo a meu lado
A segredar-me apaixonadas juras
Busco, às vezes, em nosso amor passado
Recordar essas íntimas loucuras
Faz tanto tempo, não me lembro quando
A vida é longa e o pensamento vário
Tu me mostravas, a rir, que delírio santo
A pequenina cruz do teu rosário
E sempre que a via, recordava
Do nosso amor a fantasia louca
Toda vez que a pequenina cruz beijava
Eu beijava, feliz, a tua boca
Já vou trilhando a estrada da amargura
Antes, porém, que chegue o meu calvário
Dá-me a beijar, ó santa criatura
A pequenina cruz do teu rosário