Entre nós está tudo acabado
Eu nõ quero vê-la nunca mais
Para que relembrar um passado
Que só desventura nos traz

Acabo de rasgar a sua última carta
Na qual você me pede
Que eu volte outra vez
Nela você me diz
Que é muito infeliz
E que está arrependida
Do mal que me fez

Sei que o arrependimento é sincero
Mas sinto que ainda lhe quero
Com todo meu coração
Mas ao lembrar a sua ingratidão
Respondo a chorar
Que não