Ensaio de Escola de Samba

Só Pra Contrariar

Foi num ensaio de escola de samba
Que o meu sofrimento começou
Eu cantava o samba da escola de repente a tristeza chegou
Quando olhei para a roda formada e não vi o meu amor

Eu deixei as pastoras cantando
Na platéia fiquei procurando
Afoguei a menina dos olhos chorando

Madrugada,só você quem viu
O pranto que eu derramei
E a dor que me invadiu
Quando não a encontrei

E agora eu só canto samba triste pois assim eu vivo
Só vivo porque a vida não quer me deixar
Eu só fico catando pra desabafar
E a dor que mora no meu peito só vou dar desprezo
No dia que eu puder matar o meu desejo
Que é cair nos braços de quem quero amar

Written by: Pedrinho Da Flor / Fernando Baster
Sent by Lauro. Revised by Ivan.
Did you see an error? Send us your revision.



More songs by Só Pra Contrariar

View all songs by Só Pra Contrariar