Minha Herança: Uma Flor

Vanessa da Mata

Original Translation Original and translation
Minha Herança: Uma Flor

Achei você no meu jardim
Entristecido
Coração partido
Bichinho arredio

Peguei você pra mim
Como a um bandido
Cheio de vícios
E fiz assim, fiz assim

Reguei com tanta paciência
Podei as dores, as mágoas, doenças
Que nem as folhas secas vão embora
Eu trabalhei

Fiz tudo, todo meu destino
Eu dividi, ensinei de pouquinho
Gostar de si, ter esperança e persistência
Sempre

A minha herança pra você
É uma flor com um sino, uma canção
Um sonho, nem uma arma ou uma pedra
Eu deixarei

A minha herança pra você
É o amor capaz de fazê-lo tranqüilo
Pleno, reconhecendo o mundo
O que há em si

E hoje nos lembramos
Sem nenhuma tristeza
Dos foras que a vida nos deu
Ela com certeza estava juntando
Você e eu

Achei você no meu jardim

My Heritage: A Flower

I found you in my garden
Saddened
Heartbroken
Wild animal

I got you for myself
Like a bad guy
Full of addictions
And I did so, I did so

I showered with such patience
May the pains, the hurts, diseases
Even the dried leaves do not go away
I worked

I did everything, all my destiny
I divided, taught a little
Like yourself, have hope and persistence
Ever

My inheritance for you
It is a flower with a bell, a song
A dream, not a weapon or a stone
I will leave

My inheritance for you
It is love that can make you feel at ease
Plenary, recognizing the world
What's in it

And today we remember
Without any sadness
From the forces that life has given us
She certainly was putting together
You and I

I found you in my garden

Written by: Vanessa da Mata
Sent by Isabel and translated by Africano. Subtitled by Lincoln and Felipe. Revised by Nicolas.
Did you see an error? Send us your revision.



More songs by Vanessa da Mata

View all songs by Vanessa da Mata