LETRAS.COM - Letras de canciones

O sino da igreja anunciou
Que o som dos atabaques vem ai,
Sou “negro véio”, filho de zumbi,
Do rosário do homem preto, pode aplaudir

Vim pedir o seu axé, e com fé vamos cantar,
Nosso canto é oração, é o jeito de celebrar,
A nossa libertação nossa luta
Ainda não acabou a disputa

Negro quer o seu espaço,
E não perde a esperança,
Um dia vem igualdade,
Precisa perseverança,
É hora de pensar e agir
Sou “negro véio”, filho de zumbi,
Do rosário do homem preto, pode aplaudir

Eu sou mais um operário em busca da união,
A minha comunidade vive sempre em oração,
Samba é samba minha gente é cultura
É herança da senzala mais pura
Vamos nessa meu irmão,
Pra manter essa corrente,
E cantar forte esse refrão

Written by: Ademir da Silva / Jayme Trigueiro / Luciano Ribeiro Isn't this right? Let us know
Sent by luciano.
Did you see an error? Send us your revision.


More songs by Comunidade Largo do Rosário da Penha de França

View all songs by Comunidade Largo do Rosário da Penha de França