Minhas Andanças

Fundo de Quintal

Eu não sei o que é que vou dizer
Quando chegar, e o sol raiar
Você brigar por me esperar, me censurar
Desta vez coberta de razão
Muitas vezes eu justifiquei
Porque tardei, por onde andei
Porque passei e o que nem sei
Era fácil você me entender

Sempre tardei para chegar da boemia
Hoje bem sei dos limites passei, folia
Entre umas e outras
Muitas conversas às soltas
E sempre uma saideira
Assim foi a noite inteira

Hoje eu vou admitir que estou errado
No que passou, vou me sentir culpado
Aceite minhas desculpas
Por essas noitadas malucas
Tenhas um bom coração
Só peço compreensão

Written by: Cleber Augusto / Jorge Aragão
Sent by Camila. Revised by Kaique.
Did you see an error? Send us your revision.