Maldade (part. Marília Mendonça)

Maiara e Maraisa

Eu só durmo abraçada com aquele seu casaco
Que é pra enganar saudade à noite
Parece que tá fácil, corpo tá acostumado
Mas, por dentro, é briga de foice

Sabe, a gente quase mais bateu na trave
E não foi falta de afinidade
Você pediu um tempo e pôs fim, maldade

Maldade é o meu coração não te esquecer
Maldade é tudo o que cê fez na minha vida
De dia, dá uma saudade de você
E, de noite, parece que tá de dia

Maldade é o meu coração não te esquecer
Maldade é tudo o que cê fez na minha vida
De dia, dá uma saudade de você
E, de noite, parece que tá de dia
Maldade

Sabe, a gente quase mais bateu na trave
E não foi falta de afinidade
Você pediu um tempo e pôs fim, maldade

Maldade é o meu coração não te esquecer
Maldade é tudo o que cê fez na minha vida
De dia, dá uma saudade de você
E, de noite, parece que tá de dia

Maldade é o meu coração não te esquecer
Maldade é tudo o que cê fez na minha vida
De dia, dá uma saudade de você
E, de noite, parece que tá de dia

Maldade é o meu coração não te esquecer
Maldade é tudo o que cê fez na minha vida
De dia, dá uma saudade de você
E, de noite, parece que tá de dia
Maldade

Written by: Philipe Pancadinha / Diego Silveira / LARI FERREIRA / Rafa Borges / Nicolas Damasceno
Sent by Bardigang. Subtitled by Madelene.
Did you see an error? Send us your revision.