LETRAS.COM - Letras de canciones

Invisibili Orme (part. Sister Cristina)

Rosa de Saron

Deixe-me dizer
O quão exausto estou
Tenho um coração latente
Eu não recordo seus segredos, sequer seu temor

Aos pesares da minha vida
A saída o ofício de ver que

A felicidade
Não é a metade
De um infinito
É a sua essência
Quem dera eu tornasse o vendaval
Que ronda a minha história
Em brisa, a brasa se acenderia
E se faria luz

Resta il vento che
Ho lasciato qui
Come invisibili orme
Di chi prova vergogna di chiedere

Ma desidera
Essere seguito fino al più sincero
Dei sentimenti

Sento che la vita
É passata in fretta
Ti prego, non lasciarmi
Passare inosservato
Ho bisogno che mi ascolti
Lo non sono nulla
Senza il tuo amore, nulla perché
Senza di te

Sono una triste solitudine
Che mai si lamenta
Ma attende il tuo ritorno
Nel centro dei pensieri miei

A felicidade
Não é a metade
De um infinito
É a sua essência
Em devolver em dobro o puro amor
Como a resposta
Que agora vem se revelar

E finalmente eu (e finalmente eu)
Definitivamente
Haverei de ser feliz (haverei)
Perchè tutto l'amore che prendi
Un giorno lo ridai

Written by: Guilherme De Sá Isn't this right? Let us know
Sent by Andrey. Revised by 3 people.
Did you see an error? Send us your revision.