Caldeirão Das Bruxas

The Baggios

Eu me sinto um velho animal
Tomei meus remédios, dormi mal
Acudi estranhos
Senti febre, resisti
Forças que me atingem
Temporal

Guiam
Se vão
Frisson
Yin-Yang

Toda essa pressa que faz mal
Só me deixa brecha fractal
No caldeirão temperam-me
Arrancam os fatos, me ferve
Haja lenha, coentro, água e sal

Missão
Visão
Frisson
Yin-Yang

Insisti na fuga, sei quem me guiou
Eu senti na pele, superei o pavor
Foi preciso mudar pra sacar quem sou
Foi preciso a febre pra entender o amor

Caem, caem, caem, anjos desse céu
Se inclinam mais nesse fogaréu

Written by: JULIO ANDRADE
Sent by Rodrigo.
Did you see an error? Send us your revision.


More songs by The Baggios

View all songs by The Baggios