Mattinata

Agnaldo Timóteo

O dia renasce risonho
E a vida se cobre de luz
A pouco despertos de um sonho
Reluz em teus olhos azuis

Em tudo há murmúrios de beijos
E o bosque se enfeita de flor
Teus olhos são mornos lampejos
Manhãs de promessas de amor

Mas tu não vês que a luz se esvai
Porque não ouves o teu cantor
Por que não vens?
Se a tarde cai
E eu desespero sem teu amor

Por que não vens?
Se a tarde cai
E eu desespero sem teu amor

Written by: Leoncavallo
Sent by Nelson.
Did you see an error? Send us your revision.