Amor de Antigos

Céu

Vem de longe
Da morada da memória
Junto construímo história
No calor de fim de tarde
Eis que arde
Na lembrança de outrora
Vem comigo mundo afora
Em qualquer lugar que eu ande
Nhonhô bebeu um gole de cada poro meu
E feito vinho de caju, amarrei-lhe a boca
E nosso amor foi todo a prova de ebó
Não teve um só que separou eu de nhonhô

Ah, nhonhô
Ah, nhonhô
Ah, nhonhô
Ah, nhonhô

Vem de longe
Da morada da memória
Junto construímo história
No calor de fim de tarde
Eis que arde
Na lembrança de outrora
Vem comigo mundo afora
Em qualquer lugar que eu ande
Nhonhô bebeu um gole de cada poro meu
E feito vinho de caju, amarrei-lhe a boca
E nosso amor foi todo a prova de ebó
Não teve um só que separou eu de nhonhô

Ah, nhonhô
Ah, nhonhô
Ah, nhonhô
Ah, nhonhô

Written by: Céu
Sent by Nathan. Revised by 3 people.
Did you see an error? Send us your revision.