Braço Fiel

MC Neguinho do Kaxeta

Como eu queria que tivesse um dia de visitação no céu
Eu certamente te visitaria pra matar a saudade ae braço fiel

Tava lembrando os tempos de moleque
Moendo o vidro
Derretendo a cola e passando cerol
Favela sem asfalto, conforto ou internet
E por incrível que pareça era legal

Lembrei também que as rabeiras do busão era nossa locomoção
De uma quebrada a outra
Com dois real comprava mortadela e pão
Nóis era múltiplo irmão pra festa ou pra treta

E os flashbacks que me remeteu até você
Me trouxe um misto de tristeza e alegria
É que de lá pra cá não pude conhecer
Alguém leal que fosse a mesma sintonia

Saudade

Vou gargalhar o meu torpedo em homenagem ao bom
Que partiu cedo, morreu trocano
Junto ao malote naquela missão

Mais um que se precipitou
Mas não foi digno de dó
Mais um que o crime abraçou
Sua velha chorou, e hoje ela vive só

Written by: Neguinho Do Caxeta
Sent by Daniel. Revised by Débora.
Did you see an error? Send us your revision.