LETRAS.COM - Letras de canciones

De Janeiro a Janeiro

Léo Fressato

Talvez eu volte logo por teu sertão
Me retorcer no teu cerrado
Pra ressecar até rachar o coração
Que quase morreu afogado
É que eu vim de longe eu vim lá do frio (sul)
E lá o povo chora o dia inteiro
É por isso que chove e que tudo mofa
De janeiro a janeiro

Mas se eu chegar no teu cerrado
E você estiver do meu lado
O meu coração rachado
Você pode pingar uma gota do teu suor molhado
E o meu coração estará fecundado
E pronto pra levar
O mar pro interior do teu país
Levar o mar pro interior do teu país
Levar meu mar pro interior do teu país
De janeiro a janeiro

Written by: Leo Fressato
Sent by Amanda, Subtitled by Leoanardo